segunda-feira, 30 de novembro de 2009

"Se eu não tenho o meu amor,
Eu tenho a minha dor"



Tenho uma dor de cabeça no capricho.
"ain".
Desde sábado com esse troço.
Tomo logo um remédio e pronto.
Mas também cara, andar de ônibus é um teste de paciência, não há cabeça que aguente.
Para atravessar dois sinais, o ônibus leva 15 minutos, porra aonde já se viu isso?
Espírito Santo está ficando no chinelo ipanema para São Paulo, é muito carro para pouca estrada, sinalização errada.

Nervozinha, nhui.

Energia indo e vindo, e junto nesse vai e vem, daqui a pouquinho o computador queima :)


Nossan, crepúsculo é tão cuti.
Tão "meu primeiro amor", aquele que passa direto na globo.
Ah, o filme tem um enredo diferente né, vampiro com humano e essas coisas.
Mas sei lá, ainda assim não me agradou ao extremo, de ficar louca igual a meninada.
Odeio fanatismo.

Mas to ligada que Alex curtiu o filme haha.
Aliás acordei em boa companhia hoje.
As segundas começam melhor, claro que tenho vontade de dormir eternamente ali do ladinho de quem eu amo.
Tsc, mas a vida de mamãe noel me chama.

Queria o controle do Adam Sandler em 'click', ah queria.






Também queria ver esse acústico do Chris Cornell, bem de perto.
Tão perfeito.



Folga amanhã.
-deusexiste.


chris cornell - fell on black days

Um comentário:

Luciana Mira disse...

Adorei o jeito que você escreve!