sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Born and Raised de John Mayer está extremamente viciante.
Baixei aqui na loja e estou viciando até as meninas que trabalham comigo.
Sem contar que nesse novo cd o John está com uma inspiração mais adulta, sem aquela imagem de garoto sedutor. Um ar de cowboy solitário, que to adorando!


Vida pacata.
Algumas saídas, alguma pessoas.

Preguiça de levantar ontem foi tipo master blaster grande.
Dig de Incubus tocou no despertador, eu desliguei como quem não queria nada e voltei a dormir. Mas dai uma sms me salvou. Fofura.
Esse tempo frio, chuva é algo que não deveria acontecer pela amanhã. Logo dá preguiça, logo dá vontade estar de conchinha com alguém...TSC.
E hoje foi mais tranquilo, acordei com um humor péssimo por coisas que eu to cansada de passar. Fico meio ansiosa e acaba e nada pfffff.
 Me bate um medo de passar por certas coisas novamente que acabo criando coisas na minha cabeça. Sou meio fraca e não sei como curar isso...

Como li agora pouco, TEMPO: meu precioso.
Acho que nada flui mais intensamente na minha vida do que o tempo, o tempo para as coisas fluirem, o tempo para as coisas tomarem o rumo certo.
Posso até um teco de ansiedade, mas paro, sento, respiro e não ajo por impulso. A ansiedade fica no peito...

Post sem sentido, sem inspiração alguma...
feio.


Um comentário:

### Charlie disse...

voce é emo, e te amo... :>